Somos a favor do porte de livros!
Somos a favor da economia verde!
E vamos dar voz aos nossos índios!

sexta-feira, 18 de março de 2011

LISBOA em detalhes (inverno de 2009)


        "As casas vieram de noite
         De manhã são casas
        À noite estendem os braços para o alto
        fumegam vão partir"

                
                                                                                                                                                                 
        Luiza Neto Jorge, poema "As casas", 4 versos da Primeira parte.
Livro 19 recantos e outros poemas. Organização de Jorge Fernandes da Silveira e Mauricio Matos.



         "Uma fenda na paisagem faz
             supor que a paisagem estalou
 e que por detrás dela
       há ainda outra paisagem."

Vasco Graça Moura. "Poemas com pessoas" in Poesia 1997- 2000.





Nenhum comentário:

Postar um comentário