fotos de arquivo

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Notas a partir dos jornais Le Monde e Libération

Morreu no dia 20 de julho em Londres, aos 88 anos, Lucien Freud.
Amigo de Bacon e neto de Sigmund Freud, o renomado pintor transformava suas telas em trabalhos rugosos
que se apresentavam quase como esculturas.
Ele amava pintar o sofrimento dos corpos e a decadência da carne.

***

Na Hungria, a extrema direita prospera e persegue os ciganos.
Noventa por cento dos ciganos não têm trabalho.
O sistema de proteção social está gravemente ameaçado.


Nenhum comentário:

Postar um comentário