fotos de arquivo

terça-feira, 29 de julho de 2014

Poema inédito, em final de julho de 2014 + De novo/ again and again

Poema em Gaza ou no Rio de Janeiro
  
1.
Sonho acordado
Ou pesadelo:
Sonhei ou vi na tevê?
Nem sei ao certo.
No incerto da imagem se misturam
O choro das mães de inúmeras
Crianças pequenas cobertas em sangue
E algodão e o sono para sempre:
Presente desta guerra sem destino.


2.
Pesadelo.
Li no jornal de todo dia ou
Escutei na Band?
Morre-se mais no Brasil:
- 3 vezes mais
Que na Faixa de Gaza!

3.
Mais perto do delírio:
A realidade aponta
A falta de
Humanidade
Afiada na arma que dispara.


Hoje, dia 29 de julho de 2014.

Até ontem, morreram mais de mil pessoas em Gaza em 20 dias de combate.

***


De novo/again anda again:

Poema em Gaza ou no Rio de Janeiro

Sonho acordado
ou pesadelo?
No incerto da imagem
o choro das mães de inúmeras
crianças pequenas cobertas em sangue
e algodão e o sono para sempre:
presente desta guerra sem destino.
Pesadelo.
Morre-se mais no Brasil:
3 vezes mais
que na Faixa de Gaza!
Mais perto do delírio
a realidade aponta
a falta de
Humanidade
afiada na arma que dispara.

Mais de mil pessoas morreram
em Gaza.

Sangue & lágrimas
sem recalque.
Nas ruas do Rio,
nos becos,
nas periferias,
nos centros das cidades
mata-se 3 vezes mais
que na Faixa de Gaza!







Nenhum comentário:

Postar um comentário