quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Não mais o verso. Ainda o verso (e mesmo o in-verso)!

Feliz Ano Novo
    de
Esperança!


Conseguimos a erradicação do vírus do ebola na Serra Leoa,
na Libéria e na Guiné.
Surge uma vacina (francesa) para a dengue.
O fogos vão abrir os céus do mundo
(apesar do policiamento intenso e ostensivo que engolimos vida adentro).
Como sempre ganhamos e perdemos.
Permaneçamos de pé!
...............
Milhares de crianças chegam à Europa nos braços do mar
(algumas nem chegam)!
Os jovens do mundo desejam deixar seus países em busca do sonho.
E muitos de nós não acalentam mais os sonhos na língua mãe.
..............
Feliz 2016!
Resistir, resistir!
Criar!
Inventar e re-inventar
são as palavras de ordem.

(dentro do possível com delicadeza!)


 Rio de Janeiro, 31 de dezembro de 2015.

Nenhum comentário:

Postar um comentário