quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Crônica de viagem - Florença

Conheci um senegalês de sobrenome Mouhamerd dentro de uma loja de malas em Firenze
Apresentou-se falando em português de Portugal, pouco tempo depois de nos escutar 
conversando e decidindo que mala compraríamos. E, foi logo contando que
aprendeu português com um amigo a quem deu aulas de italiano, 
vivenciando uma troca bem curiosa entre as duas línguas. 
Presentei-o com um de meus livros alguns dias depois. E, também, 
conversamos em francês, sua língua natal. Falamos sobre a importância da paz no mundo e da colaboração entre os povos. Ele se nomeou chef de cozinha, embora não trabalhe com isto.
Acabei sendo convidada a conhecer o Senegal a partir de dezembro,
quando ele retornará para o seu país.


Rio de Janeiro, 3 de novembro de 2016.



Nenhum comentário:

Postar um comentário