Somos a favor do porte de livros!
Somos a favor da economia verde!
E vamos dar voz aos nossos índios!

terça-feira, 22 de agosto de 2017

O passeio da onça (poema)


Calma. Elegante.
Vestida de pele estampada.
A onça ao longo da estrada
estreita –    
rodeada de floresta –

atravessou oblíqua e paciente
(em frente do automóvel.)
Um olhar de luz refletiu o farol.
Não se virou nem olhou
uma segunda vez. Desfilou.

A família assombrada.
O passeio daquela noite
tornou-se lenda:
repetida e permeada 
às histórias de meu pai.  




Rio, 1 de setembro de 2014.

PS. escrito a partir de um fato verídico vivido na infância em Manaus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário