terça-feira, 26 de setembro de 2017

Envelhecer

Envelhecer
(poema novo)

Envelhecemos e
assim como as flores miúdas dos riachos
aguardamos o sol do dia seguinte?
Brilha a lareira-memória fragmentos
onde se misturam retratos tons de sépia na estante.

Envelhecemos e
no repente da vida
violas sopram azuis e tons de lilás
nas sobras dos céus em dias de chuva
que colaboram com a velhice.

Assustados. Ensimesmados.
Entusiasmados também.
Às vezes encurralados
acordamos no dia que mostra o mundo
pleno de manchetes ensanguentadas.


Repito um poema escrito em 2013.

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Primavera "armada" no Rio

Estamos diante de uma cena inacreditável.
Somando ao momento já dramático vivido pelo país, a nossa cidade maravilhosa
hoje respira o  ponto culminante de um descaso de décadas.
Infelizmente, as armas de guerra se tornaram necessárias!
O Rock in Rio perde seu glamour em função do inédito de uma ação das Forças Armadas.

"O Haiti é aqui"!

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

domingo, 17 de setembro de 2017

Quando a primavera chegar...

                                                          Jardim Botânico no RJ
                                                       Convento de Santo Antônio no RJ
                                                       Memorial em Buenos Aires, Argentina
                                                   
No Bairro do Leblon, RJ
Pedra Azul no Esp.Santo

eu os convido a observar as árvores ao nosso redor!

(fotos diversas de José Eduardo Barros)


Domingo:

o ar frio se despede de nossas janelas
a primavera anuncia o verão
um fio de esperança não se evapora
nos pensamentos inesperados
na praia o mar gelado arrepia
o mergulho retrai músculos e cérebros
o sábado e o domingo se misturam
na orla de Ipanema



Rio, 17.09.2017

sexta-feira, 8 de setembro de 2017

Guarapari - Espírito Santo

                                                Prainha
                                           Praia da Areia preta
                                             Hotel Porto do Sol na Prainha (ao fundo)
       
      
            Fotos de José Eduardo Barros, 2012.            

quinta-feira, 7 de setembro de 2017

7 de setembro de 2017

Observação:

silêncio (profundo)
hoje é 7 de setembro
a incredulidade nos envolve
diante do cinismo dos políticos
e das 'manobras' bestiais de seus pares

silêncio !

quarta-feira, 6 de setembro de 2017

Epifanias

Do quintal um cheiro quase perfumado espalha-se da pitangueira
Ela – aos sete anos – de rabo de cavalo e descalça pisa na grama
Escuta os pássaros beliscando as frutinhas vermelhas
Ela veio de longe. Tem gestos distintos e inesperados movimentos
Com as chuvas deste verão o calor avança e incomoda
A sede aumenta na textura do corpo quente
As crianças não descansam de brincar
Entre os pássaros e as árvores pequeninas do quintal
Pontos avermelhados brotam nos pés descalços
Marcam um som abafado no pisar da menina
Ela é de outro lugar. Ela veio de longe
O ponteiro do relógio da cozinha bate cinco horas
A chuva refrigera os cabelos e a pele indistintamente
A mãe recolhe pitangas respingadas entre os dedos

domingo, 3 de setembro de 2017

(apenas versos)

seguir
nadando em mar aberto
até encontrar a via
deixar respingar um sorriso
e gravar na mente a foto:
um dia em família

seguir
andando na areia fina
até conhecer a atmosfera
ao redor. A humanidade
recolhe do vento
a brisa suspensa

seguir
captando o mundo em
giro solitário
cada vez mais rápido
até acalmar os pulmões
respirar resoluto

seguir
observando as pedras que dormem
crescem e se acomodam
as folhas que respiram
os animais que se movem
e os homens que pensam



Rio de Janeiro, 3 de setembro de 2017


sexta-feira, 1 de setembro de 2017

sem título (setembro de 2017)

(Este não é um texto literário)

Vamos brincar de ligar os pontos e pensar:

1.       Viagem do Governo do Brasil à China
2.       Proposta de uma ferrovia de integração oeste-leste na Bahia
3.       Um Porto na Bahia
4.       Uma Empresa grande de Mineração Chinesa interessada
5.       E até a Compra de parte da Eletrobrás está em jogo
6.       Nossa: que susto!
7.       Pois o passo adiante será...
8.       Fazer mineração na Amazônia.

E o Brasil, claro, “dormindo em berço esplêndido”!
Digo: o povo brasileiro, que é o último a saber!
Acordem, meus caros!

A brincadeira acabou... nós estamos “ligados”!




Rio de Janeiro, 1 de setembro de 2017