Somos a favor do porte de livros!
Somos a favor da economia verde!
E vamos dar voz aos nossos índios!

quarta-feira, 17 de outubro de 2018

Um golpe "branco"



Difícil acreditar. Nunca estive ao lado dos que afirmavam ter sido um golpe a saída de Dilma Rousseff do poder, embora fosse totalmente contrária a esta determinação. Agora, eu me vejo juntando os sinais que se apresentam tão claros. Estamos diante de uma cena bizarra nestas eleições “armadas” aos nossos olhos e ouvidos e ainda aos nossos corações. Não quero crer que haja dois lados tão distintos em nosso país, tão lindamente miscigenado desde sempre. Foi com alegria em minha infância que aprendi que os índios nas terras do Pau Brasil receberam os negros e os brancos com muita curiosidade, e, as diferenças foram cuidadas e apreendidas ao longo dos tempos, embora tenha havido alguns problemas sérios.  
Somos um povo bonito e forte, e temos tido a chance de debater questões sérias com argumentos racionais, sempre aprendendo a lidar com a Democracia. Porém, o que vemos agora, caros leitores, é de um horror sem precedentes. Perdeu-se o limite das regras eleitorais e o suposto vencedor já grita suas ordens de forma bastante estranha para não dizer monstruosa.
Cada coisa em seu lugar. As regras precisam existir. Os que ganham devem aprender a ganhar nas regras de todos nós. Uma escritora não tem acesso aos segredos e golpes do Mercado, mas pode ficcionar quando entende que as regras estão sendo desmontadas e o mundo gira, neste momento, com o Brasil dando um tiro no pé!


                                    Rio de Janeiro, 17 de outubro de 2018

Nenhum comentário:

Postar um comentário